BESSA GRILL
Início » Destaque » Estação Primeira Mangueira vence o carnaval 2016 do Rio de Janeiro

Estação Primeira Mangueira vence o carnaval 2016 do Rio de Janeiro

om enredo sobre Maria Bethânia, escola foi a escolhida pelos jurados e levou para casa seu 17º título

10/02/2016 19:40

A apuração das notas do carnaval do Rio de Janeiro aconteceu na tarde desta quarta-feira (10) e deu o título à Mangueira.

Com enredo sobre Maria Bethânia, a Mangueira venceu o carnaval do Rio de Janeiro
Riotur/divulgação

Com enredo sobre Maria Bethânia, a Mangueira venceu o carnaval do Rio de Janeiro

Com enredo sobre Maria Bethânia, a escola brigou décimo a décimo com o Salgueiro e a Unidos da Tijuca durante toda a apuração e garantiu o troféu no último quesito, alegorias e adereços.

A Mangueira só assumiu a liderança da apuração nas últimas notas, brigando com Unidos da Tijuca, Portela e Beija-Flor. As perdas de décimos do Salgueiro no último quesito deram o título à escola.

Com a vitória, a agremiação do Morro da Mangueira finalmente volta a ganhar o carnaval carioca. O último troféu da escola tinha sido em 2002 e com o deste ano, a verde e rosa colocou sua 17ª taça na estante, perdendo apenas para a Portela em número de títulos, que tem 21.

Após um jejum de 14 anos, a Mangueira voltou a vencer o carnaval carioca
Riotur

Após um jejum de 14 anos, a Mangueira voltou a vencer o carnaval carioca

“Muito, muito, muito, muito obrigado com certeza todos os deuses estavam comigo
graças a deus eu sou campeão”, disse o intérprete do samba campeão de 2016, Ciganerey.

“Esse presente é de todos os componentes, todos os mangueirenses, todo mundo de coração verde e rosa que lutou e botou fé na nossa escola estavamos com a garganta fechada e agora podemos gritar que é campeã”, continuou.

A rainha de bateria da escola, Evelyn Bastos, disse que a conquista foi merecida. “A escola mereceu. Tava linda demais. É campeã. É campeã! Tô muito feliz!”

Enquanto a Mangueira saiu da fila, Salgueiro e Portela seguem esperando voltar a ganhar. A escola de Viviane Araújo, que foi vice-campeã nos últimos dois campeonatos, liderou toda a apuração, mas acabou na 4ª posição. Já a Portela ficou em 3ª e aumentou para 32 anos o seu jejum de títulos – o último foi em 1984.

Além de Mangueira, Portela e Salgueiro, voltam à Sapucaí no desfile das campeãs do próximo sábado (13). A vice-campeã Unidos da Tijuca, a 5ª colocada Beija-Flor e a 6ª colocada Imperatriz Leopoldinense também.

Por outro lado, a Estácio de Sá não tem motivos para comemorar. A escola ficou na última colocação neste ano e disputará o carnaval de 2017 no grupo A.

www.reporteriedoferreira.com Por Ig