BESSA GRILL
Início » Destaque » Deputados paraibanos comemoram avanço do impeachment e culpam crise por voto

Deputados paraibanos comemoram avanço do impeachment e culpam crise por voto

Aguinaldo Ribeiro foi o único que demonstrou estar contrariado com a posição

18/04/2016 09:58

Dos 12 deputados que compõem a bancada paraibana na Câmara Federal, 9 votaram a favor do avanço do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff ao Senado. Em discurso, os parlamentares disseram ter votado a favor do povo e seguindo o posicionamento dos seus partidos.

Dentre os que votaram a favor, Aguinaldo Ribeiro foi o único que demonstrou estar contrariado com a posição. Em seu discurso, Aguinaldo afirmou a sua posição em favor da democracia, mas salientou ser líder do partido e ter que seguir a decisão da maioria.

O posicionamento das outras lideranças não foi surpresa. Apesar de não ter revelado seu posicionamento até o ultimo momento, Wellington Roberto manteve a decisão do PR, que não manifestou em nenhum momento o desejo de sair da base do governo Dilma.

Logo após a votação, os paraibanos que votaram a favor do governo comemoraram o resultado da votação, que também repercutiu com políticos paraibanos.

Veja algunas manifestações de paraibanos:

O Brasil já está cansado de sucessivos escândalos e da crise econômica e política. E por conta disso, não existe possibilidade da presidente continuar no poder. A população foi às ruas cobrando mudanças e essas mudanças começarão a ser feitas com a aprovação do pedido de impeachment da presidente Dilma”,

Wilson Filho

“Sei o quanto é traumático interromper um mandato, mas não poderíamos permitir que o nosso País continuasse mergulhado numa enorme crise econômica, política, mora e ética”

Pedro Cunha Lima

“Não existem condições da presidente continuar no cargo diante dessa crise sem precedentes que enfrentamos no País. São milhares de desempregados diante de um plano econômico desastroso. Essa decisão da Câmara apenas reforça o desejo de mudança da população que não aguenta mais ser penalizada”

Benjamin Maranhão

“A votação da Câmara mostra que os nossos representantes não concordam com o que foi feito pelo Governo do PT”

Tovar Correia

“Os nossos representantes na Câmara mostraram que a democracia sempre será mais forte do que um partido ou pessoas. O Brasil não pode continuar como está”.

Camila Toscano 

www.reporteriedoferreira.com Wscom