BESSA GRILL
Início » Destaque » Aeroporto de St. Maarten é reconhecido por pouso mais impressionante do mundo

Aeroporto de St. Maarten é reconhecido por pouso mais impressionante do mundo

Banhistas da praia ao lado do aeroporto quase conseguem encostar a mão nos aviões

4/02/2013 21:56

425b9scoy86g78vr5v0ame5q8

O aeroporto Princess Juliana International Airport (SXM), localizado na parte holandesa da ilha de St. Maarten, foi nomeado o “aeroporto de pouso mais impressionante” por fãs de viagens ao redor do mundo, em pesquisa recente feita pelo PrivateFly.com.

A pesquisa, intitulada Airport Approaches Survey, foi realizada em dezembro de 2012 por meio do site de reservas em aviação privada. O aeroporto de St. Maarten foi selecionado a partir de um grupo de aeroportos escolhidos por um painel de especialistas de alto nível da indústria de turismo e entusiastas de viagens que votaram em seus favoritos.

“Estamos incrivelmente orgulhosos do nosso aeroporto e somos gratos aos viajantesde todo o mundo que apreciam a vista única, tanto de dentro do avião como por quem está na praia de Maho Beach, localizada bem ao lado da pista de pouso”, disse Edward Dest, diretor interino do turismo para o St. Maarten Tourist Bureau.

O aeroporto, localizado às margens de Maho Beach, proporciona vistas deslumbrantes das águas azul-turquesa e das praias de areia branca aos passageiros que chegam na ilha, enquanto os espectadores no chão têm uma visão única da baixa altitude dos aviões.

Veja os aeroportos mais bem classificados na pesquisa

6) Phinda Game Reserve, na África do Sul, permite apreciar a vida selvagem. Foto: Divulgaçã
8) Aruba Queen Beatrix International Airport (AUA), nas Pequenas Antilhas, permite apreciar praias do Caribe. Foto: Divulgação
10) Nice Cote d’Azur (NCE), França, na costa do Mediterrâno e no centro da Riviera Francesa. Foto: Divulgação
1) Aeroporto Internacional de St. Maarten, Princess Juliana (SXM), fica colado na praia. Foto: Divulgação/Wikimedia Commons
4) Aeroporto de Paro, no Butão, fica no meio da Cordilheira do Himalaia, na Ásia. Foto: Divulgação
Do Ig