BESSA GRILL
Início » Colunistas » ORAÇÃO AO TEMPO: Escrito Por Rui Leitao 

ORAÇÃO AO TEMPO: Escrito Por Rui Leitao 

13/01/2020 21:04

ORAÇÃO AO TEMPO: Escrito Por Rui Leitao

Essa é uma das mais belas canções de Caetano, tanto no que se observa na melodia, quanto na mensagem poética e filosófica da letra. Ele trata da relação HOMEM e TEMPO. Considerando o TEMPO, como o Deus da existência, o compositor dialoga com ele numa prece. A música foi composta e lançada em 1979.

“És um senhor tão bonito/quanto a cara do meu filho/tempo, tempo, tempo/vou te fazer um pedido”…“Portanto peço-te aquilo/e te ofereço elogios/tempo, tempo, tempo/nas rimas do meu estilo”.

Em sendo uma oração, é claro que Caetano se dirige ao TEMPO, como quem endereça uma mensagem a um ser superior. E, de início, já o homenageia ressaltando sua beleza e a compara com o rosto de seu filho. Afinal de contas qual o pai que não enxerga formosura nas feições de um filho. Arrisca-se, então, a fazer um pedido. Respeitando-o como responsável pelos destinos de todos nós seres humanos, propõe entrarem num acordo.

Em razão da sua condição de eternidade, Caetano o reverencia como “um dos deuses mais lindos”. Pede, portanto, que o ouça com atenção, ao som da melodia que lhe oferece. Roga que lhe seja ofertada a felicidade, e que os acontecimentos em que estiver envolvido sejam compatíveis e oportunos com esse desejo de bem-estar, deleite, alegria. De forma que essa bem aventurança possa produzir uma luminosidade de espírito que espalhe benefícios ao seu redor.

E quando já não mais se fizer presente no plano terreno, que este vínculo se reafirme no “além vida”. É o que ele clama em oração, excedendo-se em exaltações nas rimas do seu cantar.

www.reporteriedoferreirta.com.br  * Rui Leitão