BESSA GRILL
Início » Colunistas » ODARA: Escrito Por Rui Leitao 

ODARA: Escrito Por Rui Leitao 

6/01/2019 20:21

ODARA: Escrito Por Rui Leitao

Quando compôs essa música já sopravam os ventos da redemocratização. O ano era 1977. O sentimento de liberdade expresso em sua letra. A esperança de um novo tempo. ODARA na religião da umbanda significa paz. “O mundo ficar odara, representa dizer um ambiente de vida mais leve e mais fraterno. É uma metáfora da realidade, foi o que afirmou. A canção se esmera em emoção. Um canto que comove.

“Deixa eu dançar por meu corpo ficar odara/minha cara , minha cuca ficar odara”...”Qualquer coisa se sonhara/canto e danço que dará”.

Caetano na canção faz a afirmação do desejo de paz em nosso país. Odara é algo que não tem fim. Segundo os umbandistas o princípio de tudo. Quando não existia ainda a maldade humana. Odara é uma fase boa do exu, mostrando o caminho certo a seguir. Abarca o belo e o bem numa mesma ideia. Faz a comunicação estética do candomblé.

A letra é curta, mas diz muito. Ele pede que o deixem cantar, para ficar seu corpo “odara”. Ou seja, a paz interior fazendo a pessoa se sentir realizada, atendendo seus desejos e aspirações. Preocupações desaparecendo, vivendo a esperança do amanhã. Evitando que sejamos nosso próprio carrasco. Trabalhando para tornar o futuro melhor.

A “cuca”, a cabeça, precisa entrar nesse clima “zen”, evitar problemas e manter sempre a mente otimista. A transitoriedade da vida não pode ser motivo de perturbação. Os tempos difíceis, com certeza, passarão.

O mundo precisa entrar nesse ambiente de entendimento, concórdia. Independente do que os outros pensem, precisamos ir em busca da felicidade. A confusão barulhenta da vida não pode perturbar nossa tranquilidade.

“Qualquer coisa que se sonhara”, é mensagem de que nunca devemos abandonar os sonhos, por mais difíceis que possam parecer suas realizações. Mas a possibilidade de realizarmos é sempre o primeiro passo. É preciso acreditar que podem ser concretizados.

Caetano, nessa canção, faz a exortação do perseguir o objetivo de ser feliz, não obstante os percalços que possam aparecer.

www.reporteriedoferreira.com.br