BESSA GRILL
Início » Colunistas » Lillyane Rachel M. Ferreira: O tal amor incondicional

Lillyane Rachel M. Ferreira: O tal amor incondicional

25/07/2019 11:40

 

 

Uns definem família como amor, outros definem como carma. Talvez curiosidade e mistério. Uns dizem que quando se tem filho, tudo muda. Outros dizem que tudo continua igual. Tem também aqueles que não gostam de ser pai, os que não querem ser pai e os que aprendem a ser. Que bom seria se todos entendessem a responsabilidade que é ter um filho. A vasta influência em grande parte da formação da índole e caráter de um ser humano. As consequências emocionais e psicológicas que vão nortear a vida adulta daquele que lhe foi entregue a missão de educar.

 

 

 

Hoje, dia dos pais, lembro que o meu, em especial, nunca mediu esforços em prol do bem estar dos filhos. Em certas ocasiões, arriscaria dizer que até demais. Mais do que nunca e até mais do que já pensei um dia, sinto gratidão pelo pai que o Universo nos deu. O piegas se faz presente, não sabemos de onde viemos e nem para onde vamos, mas aceitamos e continuamos a seguir. E eu espero que todo o sacrifício e abdicação de sempre, o façam sentir que valeu a pena…