BESSA GRILL
Início » Colunistas » DESAFIOS DA EDUCAÇÃO: Escrito Por Lena Rolim Guimarães 

DESAFIOS DA EDUCAÇÃO: Escrito Por Lena Rolim Guimarães 

21/07/2019 08:06

DESAFIOS DA EDUCAÇÃO: Escrito Por Lena Rolim Guimarães

O paraibano que está na escola pública, municipal ou estadual, terá condições de competir no mercado de trabalho que exige cada dia mais pessoas qualificadas, enquanto automatiza as funções antes ocupadas por trabalhadores com pouca formação?

Os dados do mais completo estudo sobre a educação na Paraíba, realizado pelo TCE-PB e disponível no seu site desde quarta-feira, quando o relator Fernando Catão apresentou-o à Corte, mostram que ainda estamos muito longe da qualidade desejada e do cumprimento das metas dos Planos de Educação do Estado e dos Municípios.

O TCE-PB fará parte dos 11 tribunais do Brasil, que coordenados pelo TCU e OCDE, estabelecerão metodologia única para avaliação dos impactos da politicas públicas no País. A primeira será exatamente no setor educacional, das creches as universidades.

Ontem, apresentei os números que revelavam a péssima infraestrutura das escolas. E quanto a qualidade do ensino-aprendizado?

Alfabetização: percentual de alunos com níveis de aprendizagem insuficientes em leitura e escrita foi de 51,63%; em matemática, 71,2%.

A média no IDEB fixada pelo PNE para 2017 era de 5,5 para o ensino Fundamental I. O alcançado foi 5,1, mas quando tiramos as notas da rede privada, cai para 4,7. Já no Fundamental II, o fixado era 5,0, atingimos 3,9, mas sem a rede privada fica em 3,6.

Para o ensino Médio, a meta era 4,7, mas ficamos em 3,5 e a média ficou em 3,1 quando excluídas as escolas privadas. Em 2018 subiu para 3,35, mas é apenas 71,2% do mínimo esperado.

Em relação ao ensino Médio, em 2017 o Estado tinha 110.420 alunos matriculados, a União 234, os Municípios 617, e a rede privada 21.206. Detalhe: 126 dos 223 Municípios apresentaram taxa de atendimento entre 50% e 75%, o que significa que temos muitos adolescentes fora da escola.

A meta nacional para “taxa líquida” de matriculas no ensino Médio era de 85%. Segundo o estudo do TCE, em nenhum município ela foi atingida. E isso acontece em momento em que a tecnologia ganha espaços. A consultoria MacKinsey diz que no Brasil as máquinas já podem substituir 50,1% dos postos de trabalho. Podemos competir pelas vagas destinadas aos com melhor formação?

A radiografia da nossa educação é preocupante. Na coluna de amanhã tem mais.

TORPEDO

“Não vislumbro garantia de que soltos manterão a higidez da colheita probatória ou deixarão de exercer algum tipo de manipulação, destruição ou ocultação de provas materiais de crimes em processos ainda passíveis de instrução.”

Da juíza Higyna Almeida, da operação Xeque-mate, negando prisão domiciliar para o ex-prefeito de Cabedelo, Leto Viana, sua esposa e três outros réus.

JA x Bolsonaro

Antes de entrevista com correspondentes estrangeiros, o presidente Jair Bolsonaro fez um comentário a Onyx Lorenzoni, sobre os governadores Flávio Dino (PCdoB) e João Azevedo (PSB), que está rendendo.

Conceito

“Não tem que ter nada com esse cara”, teria afirmado o Presidente numa referência a Dino, “o pior” dos dois, ambos críticos do seu governo e da reforma da Previdência, mas que queriam inclusão dos Estados.

A resposta

No Twitter, João disse condenar qualquer postura a ferir princípios da unidade federativa e que a Paraíba e o Maranhão “precisam da atenção do Governo Federal independentemente das diferenças políticas existentes”.

Criatividade

Romero Rodrigues inaugurou o espaço cultural “Bom é na Feira”, no bairro da Prata, cuja estrutura cenográfica resgata as primeiros estabelecimentos comerciais da feira central de Campina Grande.

Turismo

“É um trabalho que visa beneficiar não só quem estará atuando profissionalmente, mas também os que transitam pelo local”, elogiou o deputado Tovar Correia Lima, prevendo incentivo ao turismo.

Bica

Segundo Nominando Diniz (TCE), a Prefeitura de João Pessoa já pode retomar obras do Parque Arruda Câmara (Bica) e no Mercado de Jaguaribe. A PMJP apresentou novo cronograma e ele aprovou proposta.

ZIGUE-ZAGUE

< Os 11 deputados do PSB e 8 do PDT que votaram a favor da reforma da Previdência vão se reunir após o recesso. A ideia é, se expulsos, irem para um só partido.

> Conforme tinha prometido, o governador João Azevedo liberou, ontem, o pagamento das rescisões dos contratados pela Cruz Vermelha para o Hospital de Trauma.