BESSA GRILL
Início » Cidades » Sexo oral causa mais câncer do que cigarro e álcool, diz especialista

Sexo oral causa mais câncer do que cigarro e álcool, diz especialista

O especialista diz que a vacina contra a HPV é a forma mais eficaz de prevenção, e deve ser feita antes do primeiro contato sexual.

18/09/2012 21:47

 

Sexo oral é considerado o maior causador de câncer na região da garganta. Na última década, as bebidas alcoólicas e o cigarro, que sempre foram apontados como importantes fatores de risco, foram deixados para trás pela doença relacionada ao HPV (papiloma vírus humano).

O oncologista Dr. Luiz Paulo Kowalski, diretor do Núcleo de Cabeça e Pescoço do Hospital A.C. Camargo, em São Paulo (SP), disse que houve mudanças no perfil da doença, “o que antes era freqüente em homens acima dos 50 anos que fumavam e bebiam, agora é mais comum em jovens (30 a 40 anos) que fazem sexo oral desprotegido e têm vários parceiros”.

Entre os sintomas do câncer da garganta, se destacam a dor persistente e progressiva na região, geralmente de um único lado, e dificuldade para engolir.

O especialista diz que a vacina contra a HPV é a forma mais eficaz de prevenção, e deve ser feita antes do primeiro contato sexual.

— A cura depende da extensão da doença, mas em estágios iniciais a chance é de 90%; em casos mais avançados a porcentagem cai para 70%. Mesmo assim, é importante o paciente redobrar as medidas preventivas porque a doença pode voltar.

O especialista diz que a vacina contra a HPV é a forma mais eficaz de prevenção, e deve ser feita antes do primeiro contato sexual.

Com R7.com