BESSA GRILL
Início » Cidades » Profissional em Turismo fala sobre Importância do Centro Histórico

Profissional em Turismo fala sobre Importância do Centro Histórico

6/01/2017 19:33
 

No Portal WSCOM, Josiberto Batista avalia com detalhes a referência da preservação

O Turismólogo Josiberto Batista, dos quadros técnicos do SEBRAE/PB, avalia em conteúdo publicado no Portal WSCOM tratando de um dos temas mais importantes na conjuntura sócio-econômico do Estado, a necessidade de valorização do Cerntro Histórico.

Eis o texto na integra:

A preservação do patrimônio histórico-cultural no Brasil teve início a partir da década de 1930, através da criação do Serviço do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, que começou a realizar algumas ações de revitalização em algumas cidades históricas pelo País com estímulos dos governos Federais, Estaduais e Municipais.

No Nordeste, as cidades de Salvador, Recife e São Luís, foram as primeiras a começarem a ser restauradas os seus centros históricos e patrimônios preservadosainda na década de 30. Já em João Pessoa o início foi tardio, apenas na década de 80, com a revitalização de Igrejas, Conventos, Mosteiros, Casarios Antigos e Praças noCentro Histórico, através do hoje IPHAN e convênios com a Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO).

Em João Pessoa, foram poucas a iniciativas de revitalização do Centro Histórico, através dos governos Federal, Estadual e Municipal, por não darem a devida importância para a sua preservação ou criando leis que incentive os empresários e moradores locais, levando mais segurança, saúde e infraestrutura.

Os governos vão precisar criar leis de incentivos e articular uma política pública específica para os monumentos e bairros de forma mais ampla (uma espécie de Força- Tarefa eivada de vontade política) que incentivem as empresas, Trade Turístico, as Universidades e outros segmentos que queiram se instalarem no Centro Histórico, por meio de isenções de impostos, gerando assim emprego e renda, como também a criação de incentivo à moradia. Com essas políticas implementadas, o Centro Histórico pode voltar a ter vida e ser preservado, incluindo nessa política os moradores e comerciantes que ainda resistem à ausência do Estado. As micro e pequenas empresas terão um papel estratégico e fundamental nessa guinada, pois são elas que mais empregam e geram renda em nosso País. Uma pequena demonstração de amor pelo Centro Histórico da capital poderia ser dada se cada uma das entidades de classe e do governo como PBTur; CDL-JP, ABAV, ABIH-PB, Convencion Bureau, Fecomércio-PB, Fiep-PB, inclusive as instituições de ensino superior pudessem se deslocar para o Centro Histórico. Seria uma iniciativa de ação para além do discurso!

Mas, para que isso aconteça, é necessário ter uma infraestrura de qualidade, serviços de transportes, iluminação e tantos outros diversos serviços como incentivo à cultura para que as pessoas se sintam seguras e motivas a estarem sempre visitando o Centro Histórico de nossa cidade que é sem dúvida uma das mais belas e encantadoras se viver.

João Pessoa oferece ainda um rico folclore e artesanato, ótima gastronomia com grande diversidade de festas populares, como o Folia de Rua, Carnaval Tradição, Festa das Neves, além de condições climáticas extremamente favoráveis, localização estratégica e novas potencialidades de bons negócios em turismo, softwares,confecções, indústria de transformação entre inúmeros outros setores serviços levando e alavancando a preservação do Centro Histórico.

Por todos esses fatores, pode-se afirmar que João Pessoa disponibiliza algumas das mais interessantes oportunidades de negócios. O desenvolvimento do turismo para o Centro Histórico que comprovaria a transformação em um potencial rico e diversificado de empreendimentos fortes e rentáveis, que cada vez mais tornamrealidade os sonhos de muitos empreendedores.

Josiberto Batista da Silva – Turismólogo

E-mail: josibertobatista@gmail.com

Telefone: (83) 99951-9329

Facebook: www.facebook.com/josiberto.batista

Instagran: www.instagram.com/josibertobatista