BESSA GRILL
Início » Cidades » Muriçocas do Miramar, leva quase hum milhão de foliões ao Busto de Tamandaré

Muriçocas do Miramar, leva quase hum milhão de foliões ao Busto de Tamandaré

15/02/2015 10:53
Bloco Muriçocas do Miramar segue desce a Avenida Epitácio Pessoa em direção ao Busto de Tamandaré (Foto: Frederico Martins/G1)

Bloco Muriçocas do Miramar segue desce a Avenida Epitácio Pessoa em direção ao Busto de Tamandaré (Foto: Frederico Martins/G1)

O mais tradicional bloco pré-carnavalesco de João Pessoa, o Muriçocas do Miramar, saiu nesta quarta-feira de fogo (11) da Praça das Muriçocas em direção ao Busto de Tamandaré. Este ano 2015, o bloco completa 29 anos de folia e teve shows de Alceu Valença e Lucy Alves.

 

Na Praça das Muriçocas, foi montado um palco onde o grupo Nação Maracahyba  animou os foliões durante a concentração. Nos trios, se apresentaram atrações como Fuba, Alceu Valença, Lucy Alves, Os Gonzagas, Megaxé e Liss Albuquerque. No Camarote Folia de Rua, a animação ficou por conta de Ramon Schnayder e DJ Nando du B. Cada trio  parou por cerca de 10 minutos nos camarotes.

 

 

Homenagem a Ariano Suassuna

Ariano Suassuna Arte pra mim não é produto de mercado. Podem me chamar de romântico. Arte pra mim é missão, vocação e festa. Ariano Suassuna

Ariano Suassuna
Arte pra mim não é produto de mercado. Podem me chamar de romântico. Arte pra mim é missão, vocação e festa.
Ariano Suassuna

O tema  do  bloco nesta edição é “MuriçocAriano”, em homenagem ao escritor e dramaturgo paraibano Ariano Suassuna.

 

 

O desfile  contou  com duas alegorias de Ariano. O estandarte deste ano foi produzido pelo neto dele, Lucas Suassuna Wanderley, e o conteúdo só foi divulgado no momento do desfile.

 

A arte da camiseta deste ano também homenageou Ariano e ganhou a assinatura do artista plástico Flávio Tavares. A camiseta este à venda na Praça das Muriçocas por R$ 25.

 

 

 

H i s t ó r i a

foto_historia_tiagoA idéia de criação do bloco surgiu em uma festa de aniversário de Thiago Gualberto, no bairro de Miramar em 1986, numa brincadeira de um grupo de amigos convidados, formado por artistas, professores e jornalistas. Foi uma festa com muitas brincadeiras e sorteios onde todas as crianças estavam fantasiadas e o tema era pirata. Ao final da festa as pessoas estavam tão animadas que resolveram sair pelas ruas do bairro fazendo barulho, batendo em latas e panelas.

Nessa época a cidade de João Pessoa ficava vazia devido à falta de carnaval e as pessoas saíam em busca da festa de Momo em Olinda, Recife e Salvador. Só ficavam na cidade as muriçocas que abriam alas para voar. Os fundadores homenagearam as muriçocas do bairro onde moravam, denominando o bloco de Muriçocas do Miramar.

O bloco ganhou as ruas da Capital pela primeira vez em 1987. Eram umas 50 pessoas seguidas por um carro de som e por uma carroça puxada por burro conduzindo a criançada. Os foliões saíram cantando pelas ruas o Hino das Muriçocas, de autoria do compositor Fuba que também criou o termo “Quarta-feira de Fogo” pelo fato do evento acontecer uma semana antes da “Quarta-feira de Cinzas”.

O primeiro estandarte foi pintado por José Altino, artista plástico e também morador do bairro do Miramar. E desde então todos os estandartes têm sido obras de arte de artistas da terra, a exceção do estandarte de 1988, que foi pintado pelo artista baiano Hans Petta que naquela época estava conhecendo a cidade e pediu para ser o autor do estandarte daquele ano. Gente conhecida internacionalmente como Flávio Tavares, Alice Vinagre, Sérgio Lucena e Marlene Almeida já assinaram os estandartes que anualmente saem às ruas no dia do desfile. Esses estandartes permanecem expostos na sede da agremiação e fazem parte da história do maior bloco aberto de arrasto do mundo em carnaval de prévia. O estandarte de 2011 é da autoria do artista Elpídio Dantas.

Foi também no ano de 1988, o segundo ano que o bloco desfilou, quando foi lançada a camiseta e saímos com um pequeno trio elétrico. Em 2013 completam 27 anos de muita alegria.

Patrimônio Cultural – O Governo do Estado já oficializou por meio de Lei o bloco carnavalesco Muriçocas do Miramar como Patrimônio Cultural e Imaterial da Paraíba .

O bloco ocorre anualmente na quarta-feira que antecede a semana da festa de Momo, chamada pelos foliões de quarta-feira de fogo, uma referência à quarta-feira de cinzas. Hoje é tido como o segundo maior bloco de arrasto do Brasil, perdendo apenas para o Galo da Madrugada, em Recife. A ideia de torná-lo Patrimônio Cultural e Imaterial do do estado surgiu com a intenção de preservar e valorizar a nossa cultura.

Diretoria

Antônio Gualberto – Diretor-Presidente
Flávio Eduardo “FUBA” – Diretor Artístico

CLICK AQUI

WWW.REPORTERIÊDOFERREIRA.COM