BESSA GRILL
Início » Cidades » LULA SE PERDEU NO PT: Escrito por Marcos Souto Maior

LULA SE PERDEU NO PT: Escrito por Marcos Souto Maior

22/07/2015 08:12

Marcos_Souto_Maior_nova101010103-275x3202LULA SE PERDEU NO PT:
Escrito por Marcos Souto Maior

Demorou muito, para o eleitor brasileiro, imaginar que um operário barbudo e sem um dedo da mão, nascido no nordeste tivesse bagagem suficiente para se candidatar à presidente da república, batendo com força nas elites conservadoras e, de quebra, desafiando o governo militar dos anos 1964 a 1985, que ainda pontificava com destacada importância, nos setores de todo o país, com nova Constituição Federal em janeiro de 1967.O bipartidarismo militar limitou-se a oposição do MDB – Movimento Democrático Brasileiro e, a situação militarizada da ARENA Aliança Renovadora Nacional, chegando a esborrar limites, para terem Arena I e II com a finalidade precípua de inimigos políticos serem agasalhados na mesma legenda. Contudo, um novo e moderno partido político entrava devagarinho nas hostes eleitorais brasileiras, fazendo balançar sua estrela vermelha com ares comunista, exigindo no uso de identidade, camisa partidária, pagamento mensal proporcional aos salários, finalmente, pela vontade destemida de mudar a vida do Brasil, até chegar ao tempo da retomada da liberdade de partidos políticos, nascendo o PartidoTrabalhista em 25 de abril de 1996 pela Resolução do TSE n.º 19.530.

Com o partido operando na legalidade e simpatia, se candidatou pela primeira vez, perdendo para Governador de São Paulo. Mais tarde, juntou-se com Ulysses Guimarães, Fernando Henrique Cardoso e Tancredo Neves para formando a frente ampla pública das DIRETAS JÁ, fazendo o povo brasileiro votar novamente nos seus candidatos escolhidos. Dois anos depois, eleito Deputado Federal por São Paulo, obteve a maior votação naquelas eleições. O sonho de ser presidente do Brasil, aconteceu em 1989, depois de perder para Fernando Collor de Mello, pelo desconhecido PRN e, mais tarde, em 1994 sendo vencido por Fernando Henrique Cardoso (PSDB). Finalmente, Lula é leito Presidente da República, em 2002 e reeleito em 2006, desta feita com 60% de votos válidos, destacando seu programa amplo do Fome Zero e do Bolsa Família,pretendendo‘desenvolvimento com distribuição de renda e educação de qualidade’.

Sem mandato eletivo, Lula desejou continuar presidente sem ser! Seus companheiros logo caíram na miséria com o primeiro escândalo da gestão, o famigerado mensalão, com 38 réus e decisão no STF, apertado pelos jornalistas que abalaram o pais, o ex-presidente apenas respondia secamente: ‘não sabia’ e ter sido ‘traído’o que é muito pouco convincente. O escândalo do Petrolão, que caiu nas mãos de sua amiga Dilma, a qual também passa pelos tempos de Lula, de língua solta, dissera que no Congresso Nacional tem 300 picaretas que tem próprios interesses. Mais recentemente, da imprensa nacional e internacional, registram existência de telegramas diplomáticos indicando que Luiz Inácio Lula da Silva, agiu em favor da empresa Odebrecht, em Portugal, Cuba e África, com jatinho sob o prefixo PT-WTR disponibilizado pelo empresário Alexandrino Alencar, atualmente preso na Operação Lava Jato. Decorrente, do que passa, a Procuradoria da República, do Distrito Federal, determinou abertura de inquérito criminal para investigar tráfico de influência e concessões perante o BNDES.

Achando pouco, a presidente Dilma, através do seu Ministério da Cultura, insiste em dar R$ 14,4 milhões para o Bnds;

“Museu do Lula”, um esqueleto de concreto paralisado num terreno há seis meses, cheio de mato e entulhos, enquanto o IBOPE apresentava em junho, a pesquisa de votos para presidente, com Aécio Neves (PSDB) com 48% e Lula (PT) com apenas 33%.

Oliver Cromwell sentenciou: Ninguém viaja tão alto como aquele que não sabe onde vai!

(*) Advogado e desembargador aposentado

www.reporteriedoferreira.com