BESSA GRILL
Início » Cidades » A Graça ; Deus precisa produzir uma mudança na vida de quem a recebeu: Ely Pinto do Nascimento

A Graça ; Deus precisa produzir uma mudança na vida de quem a recebeu: Ely Pinto do Nascimento

31/07/2014 01:39

nivo-1Todos nós estávamos mortos espiritualmente por causa de nossos pecados, e não havia nada que pudéssemos fazer para pagar essa dívida. Mas Deus nos amou tanto, que decidiu enviar Seu Filho Jesus para morrer em nosso lugar e com isso pagar a nossa dívida. Isso é Graça. É um favor imerecido que podemos receber simplesmente crendo em Jesus como único meio de salvação.
Entretanto, as pessoas de hoje pensam que podem receber o favor de Deus e continuar na mesma vida que sempre tiveram. Porém elas estão muito enganadas. Veja o que a Bíblia disse:
“Porque a graça de Deus se manifestou salvadora a todos os homens. Ela nos ensina a renunciar à impiedade e às paixões mundanas e a viver de maneira sensata, justa e piedosa nesta era presente, enquanto aguardamos a bendita esperança: a gloriosa manifestação de nosso grande Deus e Salvador, Jesus Cristo.” (Tito 2:11,12)
A graça de Deus precisa produzir uma mudança na vida de quem a recebeu. Isso é o que o versículo acima deixa claro. Muitos dizem que foram alcançados por uma suposta “graça”, mas se essa “graça” fosse a graça de Deus, produziria uma vida sensata, justa e piedosa… Porém muitos têm usado essa suposta “graça” para permanecer em seus pecados! O que eles precisam é de um verdadeiro arrependimento, pois isso chega a ser uma afronta à verdadeira graça de Deus.
Uma vez que somos salvos e nascemos de novo pela graça de Deus, ela nos capacita para uma vida de boas obras as quais Deus preparou para nós (Efésios 2:10). Por isso seremos indesculpáveis se continuarmos a viver uma vida de pecado e mundanismo, e não a vida que Deus nos chamou para vivermos.
Andar com Deus é maravilhoso, mas ninguém é capaz de ser cristão sem o poder do Espírito Santo. Por isso se arrependa e deixe que Ele o transforme de dentro pra fora.

Deus te abençoe!