BESSA GRILL
Início » Cidades » A PRIMEIRA VIAGEM A TRABALHO: Escrito por Rui Leitão

A PRIMEIRA VIAGEM A TRABALHO: Escrito por Rui Leitão

21/07/2015 00:29

11182059_1439363383041226_3830579055371020595_nA PRIMEIRA VIAGEM A TRABALHO: Escrito por Rui Leitão

Em 1971 exercia a função de Chefe da Divisão do Cadastro Geral, promoção conquistada graças à condição de bom discípulo de Carnot Vilar, Ubiracy Melo Lins e Maria Helena Cavalcante de Albuquerque, meus primeiros chefes imediatos, com os quais aprendi muito. Seu Carnot me ensinou a redigir pareceres nas conclusões das fichas cadastrais; Ubiracy e Maria Helena me orientaram na compreensão dos procedimentos de rotina relacionados às atividades daquele setor do banco.

 

Estava completando o terceiro ano como funcionário do Banco do Estado da Paraíba. O Banco investia muito em treinamento e cursos com o objetivo de aperfeiçoar o desempenho dos seus colaboradores. Em razão disso fui enviado ao Rio de Janeiro, para participar de um curso de quinze dias na Fundação Getúlio Vargas. Era a primeira vez que saía de João Pessoa, como também minha primeira viagem de avião.

Meu companheiro de viagem e de curso era o colega Carlos Fernandes de Melo, que ocupava o cargo de Gerente de Crédito Geral. Deslumbrado com as belezas do Rio de Janeiro aproveitava os momentos de folga no curso para conhecer melhor a “cidade maravilhosa”. Nunca deixei de reconhecer o Rio como a cidade que mais me fascinou entre todas que já conheci.

 

Como não poderia deixar de acontecer, aproveitei para ir ao Maracanã, ver o Flamengo jogar. Fui assistir o clássico Flamengo e Botafogo, válido pelo campeonato carioca, cujo resultado foi o empate de 1×1. A equipe rubro negra, daquele dia, jogou com a seguinte escalação: Murilo, Ubirajara, Reyes, Washington, Tinho, Tinteiro, Buião, Liminha, Roberto Miranda, Fio Maravilha e Caldeira.

 

Não ficamos hospedados em hotel. Contratamos a estadia no apartamento de uma senhora que procurava complementar seu orçamento doméstico hospedando rapazes e moças, desde que bem recomendados. Localizava-se na Avenida Senador Vergueiro, no Flamengo.

Voltei dessa primeira viagem de trabalho, agregando conhecimentos para a minha vida profissional, mas também me sentindo, a partir de então, um cidadão que se iniciava na experiência de vida fora da área geográfica de nascimento.

• Integra a série de textos “INVENTÁRIO DO TEMPO II”

www.reporteriedoferreira.com